RDPoesias no Ar! - Lelival da Playlist RADIOJOVEM

Bem-vindo, e-mail é lenivalnunes@hotmail.com

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Compartilhar o pão(FINAL) - POR Paiva Netto

Compartilhar o pão (Final)

Paiva Netto


Vivemos um clima de renovação tecnológica jamais vista, mas também de ganância exacerbada. Todavia, os seres de Boa Vontade aguardam confiantes, como primícias do Senhor, tempos melhores. Daí ser muito saudável o reacender da esperança a cada ano que começa.
Diante da imensidão do Universo de Deus, os ideais de vaidade e de domínio humanos não possuem futuro.
Ao serem atravessadas as águas do “rio da morte”, desfazem-se as quimeras de uma Ciência quando sem entranhas, os terrores de crenças quando carregadas de preconceitos e intolerâncias, além de todo espírito de concorrência desalmada e o conceito bélico, que separam as pátrias. Isso até que o Sol da Caridade, que é Jesus, espante as trevas da ignorância insolente e, abrindo-lhes a visão espiritual, faça os seres humanos inferirem que apenas o exercício das divinas leis da Fraternidade Ecumênica e da Solidariedade Social trarão Paz à Terra. Nesta época, o ensino sublime do Evangelho-Apocalipse terá, finalmente, acalmado os corações, que encontrarão no Regaço de Deus o descanso para os seus Espíritos infrenes. Nessa época, esperada por tantos missionários do Bem, a Humanidade terá entendido que de nada adianta ilustrar a mente se o coração for esquecido e que é delírio completo desejar o progresso da sociedade se os princípios da confiança e do respeito forem avis rara nas relações interpessoais.

Sede de simplicidade
Ernesto Renan (1823-1892), filósofo, historiador e livre-pensador francês, citado porHumberto de Campos (1886-1934) em carta a Gastão Penalva (1887-1944), seu colega da Academia Brasileira de Letras, preconizava que “o cérebro queimado pelo raciocínio tem sede de simplicidade, como o deserto tem de água pura”.
Assim ocorre com a Verdade Divina, da qual o Espírito humano não pode abrir mão. Tanto que, quando ele estiver exausto de inutilmente lutar contra a própria libertação, ela, a Verdade Divina, virá iluminá-lo com a sua luz, delicada e serenamente. Jesus viveu entre nós 33 anos. Contudo, consoante o prosador grego Luciano de Samósata (125-192) anotou, “a vida humana vale mais por sua intensidade de aprendizado do que por sua extensão”. Desde que ela cesse unicamente na hora marcada por Deus, pois “o suicídio não resolve as angústias de ninguém”, ensinava Alziro Zarur (1914-1979).

Cidadão Celeste
Ora, minhas Irmãs e meus Amigos, minhas Amigas e meus Irmãos, façamos, então, o Bem, porque o tempo continuará passando.
Estamos corpo, mas somos Espírito. Isso nos leva a concluir que Protágoras (480-410 a.C.), filósofo grego da escola sofista,­­­­ não alcançou a amplitude universal da criatura quando afirmou que “o homem é a medida de todas as coisas”.
Com o pensamento elevado ao nosso Divino Mestre, caminhemos mais adiante e digamos que o Espírito Eterno, que habita o corpo humano, ele sim, é a medida de todas as coisas, porquanto é Cidadão Celeste.
Mulheres, Homens, Jovens, Crianças e Espíritos, Almas Benditas, de Boa Vontade, o nosso esforço é levar ao povo as fórmulas divinas do Amor e da Verdade, da Humildade e da Esperança, da Justiça e da Paz, que emanam dos ensinamentos do Educador Sublime: Jesus. É o Pão Espiritual que fazemos questão de dividir com todos. Quando tivermos conscientemente aceitado isso, não na superfície, mas no imo de nossa Alma, estaremos prontos para proclamar a Política de Deus ao Espírito Imortal do ser humano.
O segredo é confiar em Jesus! O Grande Amigo que não abandona amigo no meio do caminho. Eis o início de tudo. Conforme dizia o velho Goethe (1749-1832), “no princípio, a ação”. O valor se prova com o trabalho.
Então, as lamentações de Jeremias sobre Jerusalém encontrarão seu término, e “haverá um só Rebanho para um só Pastor” (Evangelho, segundo João, 10:16), que é o Cristo.
Que a Paz e a decisão de Deus estejam, agora e sempre, em todos os corações, porque grandes vitórias se aproximam, se fizermos por merecê-las. E tornemos o ano novo uma essencial Ressurreição.

José de Paiva Netto ― Jornalista, radialista e escritor.
paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

-- 
Jean Carlos
Assessoria de Comunicação LBV
Jornalista - DRT/PB 3651 
(83) 3198-1500 / (82) 3328-4410
(83) 9654-0900 / (83) 8832-0013 (whatsapp)

 

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Lançamento da ANTOLOGIA Beco dos Poetas em São Paulo-SP

Faremos o lançamento da 100ª Antologia Beco dos Poetas dia  28/08/16, às 10 da manhã no CEU Caminho do Mar ( Avenida Engenheiro Armando de Arruda Pereira, 5241 - Vila do Encontro, São Paulo - SP, 04325-001), na festa de aniversário de 6 anos do nosso sarau ( Sarau Matinal Beco dos Poetas). Fizemos uma banner geral para divulgação nas redes sociais, quem for comparecer, e quiser, nos avise que podemos fazer um banner(digital) personalizado para divulgar na rede.

Convite Bienal do livro em São Paulo-SP


Convite de lançamento de livro em Belo Horizonte-MG

ALFREDO LIMA
Convida para o lançamento de seu livro:
Um Estranho para o Céu
sábado dia 27 de agosto de 2016 de 9 as 12h
Prédio Anexo da Biblioteca Pública Estadual
Rua da Bahia, 1.889 - 2º piso Funcionários Belo Horizonte MG Brasil

Receita de um jovem para os jovens - Por Paiva Netto

Receita de um jovem para os jovens

 

Paiva Netto


Em 1961, escrevi um documento* à Mocidade Brasileira, quando, àquela altura, já desempenhava o papel de secretário particular do saudoso proclamador da Religião do Terceiro Milênio, Alziro Zarur (1914-1979). Na ocasião, com apenas 20 anos, convidei-a a cerrar fileiras no grande Ideal da Boa Vontade,“por um Brasil melhor e por uma Humanidade mais feliz”. A pedido de meus editores, trago a seguir a referida mensagem, que me sugeriram chamar “Receita de um jovem para os jovens”: 
Jovem esclarecido do Brasil: Tu que lutas pelo bem-estar do povo brasileiro, por que te enganas? Só o Novo Mandamento de Jesus trará o equilíbrio social à nossa Pátria!
Moços de Boa Vontade: O Brasil já foi colônia; depois, vice-reino; a seguir, reino unido ao de Portugal e Algarves; veio o Império; a República; uma escadinha ascensional construída por aqueles que viam nestas mudanças a solução dos problemas que esmagam o povo. A maioria morreu desiludida. Por quê? Ora! Nenhum se lembrou de que só o Amor de Jesus realiza as modificações para o progresso.
Estudante do Brasil: Desperta para o Mestre! 
Não te convidamos para seguires um Jesus estático, incompreensível, ausente! Não! O Jesus do Novo Mandamento – “Amai-vos uns aos outros como Eu vos amei” – é o Jesus reforma para o melhor, Jesus antimiséria, Jesus cumprimento das Leis de proteção aos humildes. 
Ele te espera com as ferramentas do progresso na Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo!
Jovem de Boa Vontade que procuras o equilíbrio social, raciocina comigo: no cenário mundial, cada povo, cada continente tem sua função no mundo, como o sabem os Iniciados Espirituais:
A Ásia: a função metafísica;
A Europa: a função racional;
A Rússia: a função revolucionária;
Os Estados Unidos: a função econômica;
O nosso Brasil: a função cósmico-pacificadora.
E como transmitir essa Paz? Não será através da paz armada, e, sim, com o cumprimento do Mandamento Novo de Jesus, revelado pela Religião do Amor Universal.
_________________
* Publicado na Gazeta de Notícias, do Rio de Janeiro, em 15 de outubro de 1961 – domingo.

José de Paiva Netto ― Jornalista, radialista e escritor.
paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Parabéns Henrique

Hoje, dia 23/08/2016, defendi minha dissertação de mestrado e me sinto um privilegiado por ter chegado até aqui com o apoio e ajuda de muita gente. Aos meus pais (Ronildo e Vera) e avós (Heleno e Severina), que nunca mediram esforços na busca pela educação de seus filhos, pois entendiam que o conhecimento é um fator transformador na vida de um ser humano (vocês estavam certos!); À minha noiva Áquila, pelo companheirismo e paciência em lidar com todo esse percurso sempre ao meu lado; Aos meus orientadores Cláudio Baptista e Cláudio Campelo, que com maestria e excelência me guiaram em toda essa jornada; Aos meus irmãos, amigos, familiares e colegas do LSI, pelo incentivo e colaboração durante esses 7 anos de UFCG; A todos vocês, meu muito obrigado! #ÉMestre - com Ronildo RochaVera Lúcia PaulinoClaudio BaptistaÁquila Sartori

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Coronelismo volta ao Nordeste

CORONELISMO VOLTA AO NORDESTE

A decisão do governo Michel Temer de entregar ao seu partido (PMDB), via Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), a execução de obras destinadas ao combate à estiagem, foi duramente criticada.
Com a medida, os governadores do Nordeste - Região que sofre com 5 anos de seca - perdem o controle da execução desse tipo de obra.
Para o líder do PT, Humberto Costa (PE), a ação recria no Brasil as figuras dos coronéis.
Disparou Humberto: "É a institucionalização da falta de vergonha na cara, marca característica desse governo golpista e fisiológico, que vende até a miséria humana em troca de apoio político. Que rifa o futuro inteiro de um povo para o agrado de aliados políticos. E faz isso aos olhos de ministros nordestinos, quatro deles pernambucanos".